Seguir por Email

Você é o visitante:

Obrigado pela visita
Ocorreu um erro neste gadget

Seguidores

NEOBLOGGER. Tecnologia do Blogger.

postheadericon O Exercício da Fé Cristã.


O EXERCÍCIO DA FÉ CRISTÃ
(Habacuque 3:17-19)

“Conta-se uma história de um pastor europeu que fora convidado a pregar em uma Igreja nos Estados Unidos. Como em seu tempo ainda não existia o avião, a travessia era feita de navio. O tempo de duração da travessia era estimado em uma semana, então, ele se programou para chegar um dia antes ao seu destino e assim poder descansar e se preparar. Durante a viagem, no entanto, seu navio foi surpreendido por um espesso nevoeiro que fez com que a embarcação fosse obrigada a diminuir sua velocidade, atrasando a viagem em dois dias. Então o pastor foi ao comandante e disse que não poderia se atrasar para o seu compromisso. O capitão disse que seria impossível chegar a tempo e que só Deus poderia fazer isso. O pastor colocou a mão no ombro do capitão e disse, se o caso é com Deus, eu o convido a ajoelharmos e orarmos ao Senhor. O capitão riu-se e disse: ‘É impossível!’ Nisso o pastor ajoelhou-se e começou a orar enquanto o capitão observava incrédulo. Por fim, meio que sem jeito o capitão foi ajoelhando-se com o pastor, quando o homem de Deus o impediu dizendo: ‘Não precisa ajoelhar-se capitão. Primeiro porque o senhor não crê que Deus pode mudar a situação e depois, porque o nevoeiro já se dissipou!’”
Essa história verídica nos mostra a necessidade que temos de exercitar nossa fé diariamente. No exercício da fé cristã precisamos aprender a crer independente das circunstâncias que nos cercam. Não importa se o nevoeiro ao nosso redor seja denso, o que importa é crermos na ação de Deus. Ainda, de acordo com o profeta Habacuque, a fé deve gerar alegria no coração do crente. Alegrar-se no Senhor é primordial, pois mostra que o crente está completamente confiante na ação do seu Deus e fortalecido por Ele, pois “a alegria do SENHOR é a nossa força” (Neemias 8:10).
Por fim, aprendemos que no exercício da fé cristã devemos depender da ação divina. A Palavra nos dá amplas garantias de que Deus protege aos que são seus como, por exemplo, nos mostra o Profeta Isaías ao declarar: “Porque desde a antiguidade não se ouviu, nem com ouvidos se percebeu, nem com os olhos se viu Deus além de ti, que trabalha para aquele que nele espera.” (Isaías 64:4).
Amados, que possamos exercitar nossa fé de maneira perseverante diante do Senhor e que isso guie a nossa vida. Em Cristo.
Rev. Alessandro Capelari.

postheadericon Consolai-vos na Esperança...


CONSOLAI-VOS NA ESPERANÇA
(I Tessalonicenses 4:13-18)

Páscoa é, som sombra de dúvidas, a data da celebração da Esperança. Para os que são cristãos ela é extremamente significativa, pois marca a vitória do Senhor Jesus sobre a morte e o seu triunfo na ressurreição.
Mais do que um fato teológico e histórico, a ressurreição do mestre enche as nossas vidas de alegria e esperança, pois a Palavra nos garante que se entregarmos a nossa vida a Ele e crucificarmos o nosso “eu” na cruza juntamente com Cristo, também com Ele ressuscitaremos no último dia.
E com respeito à morte, a Bíblia não trata apenas da morte espiritual, mas também da morte física, afinal, muitos crentes, apesar da certeza da Salvação em Cristo, ainda temem profundamente a morte física. Em sua carta aos Tessalonicenses, o Apóstolo Paulo nos mostra algumas verdades tremendas com respeito à morte dos cristãos. Primeiro, a Bíblia afirma que na volta de Jesus, quando o Senhor vier buscar a sua Igreja desse mundo mal, os irmãos e irmãs que já estão mortos fisicamente ressuscitarão primeiro. Isso é um motivo de consolo profundo, pois sabemos que o Senhor não se esquece dos seus santos que já tiveram a alma recolhida deste mundo e nos aguardam na Glória.
Posteriormente, a Bíblia afirma que nesta volta de Jesus, os que estiverem vivos serão arrebatados. Olha que maravilha amados: os mortos receberão seus corpos glorificados e nós seremos transformados pelo Senhor e nos encontraremos com Ele nos ares. Veja a importância da comemoração da ressurreição de Cristo, veja a importância da nossa Páscoa!
É isso que celebramos na Páscoa, a esperança e o consolo de saber que o nosso amado Jesus morreu pelos nossos pecados, ressuscitou ao terceiro dia, nos deu vida juntamente com Ele e, voltará dos céus para nos buscar nesse mundo. Os santos que dormem ressuscitarão primeiro e os vivos serão transformados. Todos louvando e glorificando o nome do Senhor por tão grande salvação.
Aleluia! CONSOLAI-VOS NESSA ESPERANÇA! Cristo vive e com Ele nós também viveremos, pois Ele é a nossa Páscoa.
Rev. Alessandro Capelari.

postheadericon Dúvidas Pascais


- Papai, o que é Páscoa?
- Ora, Páscoa é... Bem... É uma festa religiosa!
- Igual Natal?
- É parecido. Só que no Natal comemora-se o nascimento de Jesus, e na Páscoa, se não me engano,
comemora-se a sua ressurreição.
- Ressurreição?
- É, ressurreição! Marta vem cá!
- Sim?
- Explica pra esse garoto o que é ressurreição pra eu poder ler o meu jornal.
- Bom, meu filho, ressurreição é tornar a viver após ter morrido. Foi o que aconteceu com Jesus, três dias depois de ter sido crucificado. Ele ressuscitou e subiu aos céus. Entendeu?
- Mais ou menos... Mamãe, Jesus era um coelho?
- Que é isso menino? Não me fale uma bobagem dessas!
Coelho!?!? Jesus Cristo é o Papai do Céu!
Nem parece que esse menino foi batizado! Jorge, esse menino não pode crescer desse jeito, sem ir à igreja pelo menos aos domingos. Até parece que não lhe demos uma educação cristã! Já pensou se ele solta uma besteira dessas na escola? Deus me perdoe! Amanhã mesmo vou matricular esse moleque na Escola Bíblica!
- Mamãe, mas o Papai do Céu não é Deus?
- É filho, Jesus e Deus são a mesma coisa. Você vai estudar isso na Igreja. É a Trindade. Deus é: Pai, Filho e Espírito Santo.
- O Espírito Santo também é Deus?
- É sim.
- E Minas Gerais?
- Sacrilégio!!!
- É por isso que a Ilha da Trindade fica perto do Espírito Santo, mamãe?
- Não é o Estado do Espírito Santo que compõe a Trindade, meu filho, é o Espírito Santo de Deus. É um negócio meio complicado, nem a mamãe entende direito. Mas se você perguntar na Escola Bíblica a professora te explica tudinho!
- Bom, se Jesus não é um coelho, quem é o coelho da Páscoa?
- Eu sei lá! É uma tradição. É igual a Papai Noel, só que ao invés de presente ele traz ovinhos.
- Coelho bota ovo?
- Chega! Deixa eu ir fazer o almoço que eu ganho mais!
- Papai, não era melhor que fosse galinha da Páscoa?
- Era, era melhor, ou então urubu.
- Papai, Jesus nasceu no dia 25 de dezembro, né? Então que dia que ele morreu?
- Isso eu sei: na sexta-feira santa.
- Que dia e que mês, pai?
- Hum!?!?... Sabe que eu nunca pensei nisso? Eu só aprendi que ele morreu na sexta-feira santa e ressuscitou três dias depois, no sábado de aleluia.
- Um dia depois, pai.
- Não, três dias.
- Então Ele morreu na quarta-feira.
- Não, morreu na sexta-feira santa... Ou terá sido na quarta-feira de cinzas? Ah, garoto, vê se não me confunde! Morreu na sexta mesmo
e ressuscitou no sábado, três dias depois! Como? Pergunte à sua professora na Igreja!
- Papai, por que amarraram um monte de bonecos de pano lá na rua?
- É que hoje é sábado de aleluia, e o pessoal vai fazer a malhação do Judas. Judas foi o apóstolo que traiu Jesus.
- O Judas traiu Jesus no sábado?
- Claro que não! Se ele morreu na sexta!!!
- Então por que eles não malham o Judas no dia certo?
- É... Boa pergunta. Filho, atende o telefone pro papai. Se for o Rogério diz que eu saí.
- Alô, quem fala?
- Rogério Coelho Pascoal. Seu pai está?
- Não, foi comprar ovo de Páscoa. Ligue mais tarde, tchau.
- Papai, qual era o sobrenome de Jesus?
- Cristo!!! Jesus Cristo!
- Só?
- Que eu saiba sim.
- Não sei não, mas tenho um palpite de que o nome dele era Jesus Cristo Coelho. Daí vem o coelho da Páscoa. Não acha?
- Coitada!
- Coitada de quem?
- Da sua professora de Escola Bíblica!!!
Extraído.

CONHEÇA A PL 122.

NÃO À PL 122

IPB JD. ALVORADA

Igreja Presbiteriana do Jardim Alvorada

O CAMINHO DA VIDA

Programa O Caminho da Vida

IGREJA PRESBITERIANA

Igreja Presbiteriana do Brasil - 150 anos