Seguir por Email

Você é o visitante:

Obrigado pela visita
Ocorreu um erro neste gadget

Seguidores

NEOBLOGGER. Tecnologia do Blogger.

postheadericon Colhamos hoje o nosso Maná

Colhamos hoje o nosso Maná

Logo quando o povo de Deus saiu do Egito e começou a sua peregrinação pelo deserto rumo à Terra Prometida eles começaram a ter experiências fantásticas com o Senhor, que os conduzia. Desde a abertura do Mar Vermelho e sua travessia a pés secos, até as águas que brotavam das rochas e as codornizes que lhes davam carne o povo viu de forma extraordinária a presença de Deus no meio deles.

Contudo, uma das experiências mais interessantes foi a do Maná que era colhido toda manhã pelos israelitas até o dia em que entraram em Canaã com Josué. Para que não padecessem de fome no deserto, o Senhor formava com o orvalho o Maná todas as manhãs, conforme relatado em Êxodo 16.
O Maná nos traz alguns ensinamentos muito importantes. Creio que o primeiro deles seja que todos nós temos a necessidade de alimento diário para que não enfraqueçamos. O Maná é o pão dos céus vindo de Deus; Jesus é o nosso Maná diário, Maná que só pode ser colhido através do relacionamento estreito com Ele. E isso, só vem através da leitura da sua Palavra e da oração. Se não colhermos todo o dia enfraqueceremos. Não adianta tentar colher muito em um único dia para armazenar, pois não servirá para o outro; o alimento tem que ser diário e constante.
Outra lição que vejo no Maná é o fato de ele ser a fonte de nutrientes necessários para o povo em sua peregrinação pelo deserto. É fato que a nossa vida é repleta de desertos, ora mais áridos, ora mais longos, mas sempre presentes. Se não estivermos devidamente alimentados sucumbiremos às dificuldades. O Maná da Palavra é quem nos fortalece e nos mantém em pé no meio das lutas e das vicissitudes desta vida rumo aos céu.
Por fim, aprendemos com o Maná a dependermos total e exclusivamente de Deus. Com o Maná os israelitas aprendiam a diariamente esperar do Senhor o seu sustento. Era Deus quem providenciava isso a eles. Nos nossos dias temos uma grande dificuldade em confiar nosso sustento às mãos do Senhor; muitos temos a ilusão constante de que se não investirmos assim, não construirmos, não lutarmos, não trabalharmos sacrificando tudo e todos ao nosso redor, então não subsistiremos. Isso é uma enganação maligna. Não que não tenhamos que trabalhar. Os israelitas trabalhavam, pastoreavam todo o rebanho que trouxeram do Egito e ainda viviam montando e desmontando o seu acampamento, mas aprenderam que quem os sustentava era o Senhor.
Amados, precisamos aprender de verdade que sem o Senhor não somos nada. É Ele quem nos sustenta e dele sobrevivemos, por isso, que possamos ir à Palavra diariamente para colhermos o nosso Maná.

Rev. Alessandro Capelari.

CONHEÇA A PL 122.

NÃO À PL 122

IPB JD. ALVORADA

Igreja Presbiteriana do Jardim Alvorada

O CAMINHO DA VIDA

Programa O Caminho da Vida

IGREJA PRESBITERIANA

Igreja Presbiteriana do Brasil - 150 anos